Bruxaria Húngara Acelerada

Varázsló (que significa “bruxo” ou “mágico” em húngaro) lança o primeiro álbum pela mexicana Galactic Crew após uma sequência considerável de participações em coletâneas mundo afora.

Seu primeiro EP intitulado “Star Child”, promovido pela alemã Juicy Noise Records em 2014, chamou a atenção de bastante gente. São 3 faixas interessantíssimas, com destaque para a melódica “Acid Clarinet”.

De “Why Not?”, “Birth” remonta a sinais vitais, autoexpressão; perfeita introdução de 11 minutos da ideia toda do disco. O sample antológico de “What’s Up” do grupo 4 Non Blondes aproxima o ouvinte da excelente “Cosmic Web”. O duo com Nancy Invid Mind é, como não poderia deixar de ser, absolutamente energético e cativante. Juntar o beat frenético pulsante do húngaro aos efeitos cartoons alienígenas da argentina foi genial. Meio X-Files. “Raindrops” traz na base os versos nostálgicos de “My Favorite Things” cantados por Julie Andrews em “The Sound Of Music” (A Noviça Rebelde). Sensacional! Com certeza um dos melhores momentos do disco, disputando acirradamente com a intensa “Nothing Has An End”, em parceria com Obscurum, e a fantástica peia de realidade “They Don’t Give a Fuck About You!”.

Prestemos bastante atenção nesse músico incrível que se apresentará pela primeira vez no Brasil em 17 de setembro próximo, presenteando os freaks paulistanos com seu ritual de 10 horas de duração.

Quem for, conta pra gente depois.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s