Projeto Multimídia Gestalten

O nome Projekt Gestalten é bastante difundido pelos remixes interessantíssimos que o produtor paulista radicado na Alemanha Diego Garcia já produziu. “I Fell In Love With a Dead Boy” dos Antony And The Johnsons, “Unison” e “Oceania” da Björk, “Me And a Gun” da Tori Amos e “Williams B Iood” da Grace Jones são alguns dos sons que esse designer gráfico e videomaker remexeu. Mas nem sempre foi assim.

Sua carreira remonta à produção de faixas Progressive House nos meados dos anos 2000. Felizmente passou a dedicar sua audição a estilos mais underground de música eletrônica, assinando produções experimentais sob a alcunha “Defective Moniker”. Em 2010 foi trabalhar em uma empresa gringa no departamento de televisão de navios de cruzeiro, se apaixonando numa dessas viagens pela capital alemã onde iniciou o Projekt Gestalten (que significa literalmente “projeto de construção”).

Suas apresentações extremamente audiovisuais impactam muito positivamente o público. O Live PA (Performance Artist) apresentado no Chill Out da Voodoostock – edição da festa Voodoohop – em abril de 2012 foi incrível e é bastante lembrado até hoje.

Teaser

Um pouco antes disso, em dezembro de 2011, lançou pelo selo Tranzmitter seu primeiro álbum intitulado “Absence”. O disco é riquíssimo, transmutando-se o tempo todo entre as sonoridades Techno, Glitch e Downtempo. Faixas inspiradíssimas como a emocional “To Martin” e “Randon Thoughts” são a prova cabal de que Projekt Gestalten vai muito além do usual eletrônico pulsante como em “Orga”. O encerramento fica por conta da obscura “The Edge Of The Abyss”, dando sinais de que a festa continua. Fazendo jus a essa impressão, em junho do próximo ano saia “Absence Reconstructions”: um disco de remixes de produtores alemães e brasileiros como Midnightradio11, Paula Daunt, George M. e Augusto Merli. A proposta deste é nitidamente diferente do anterior original, tendendo bem mais à pista de dança.

Foto: Ana Carolina Shiokawa.
Foto: Ana Carolina Shiokawa.

Atualmente Diego é residente da Pornceptual em Berlim, um projeto artístico avant garde que engloba fotografia, festas, erotismo e vídeo. Também participou do fantástico Gesamt, espécie de trabalho visual colaborativo a nível mundial idealizado pelos diretores de cinema dinamarqueses Lars Von Trier e Jenle Hallund. O vídeo “Imaginary Sounds Into a Confined Space” foi selecionado e acabou integrando a instalação multimídia no Copenhagen Art Festival de 2012 intitulada “Disaster 501 – What Happened to Man?”.

Discografia até o momento:

Everything Is Fine EP (2014) [Tranzmitter]

Tranzmitter Research Vol.3 (2014) [Tranzmitter]

Black Stars (2013) [Perception Corp]

Ideias (2013) [Tranzmitter]

Tranzmitter Research Vol.2 (2012) [Tranzmitter]

Absence: Reconstructions (2012) [Tranzmitter]

Tranzmitter Compilation Vol. 4 (2012) [Tranzmitter]

Absence (2011) [Tranzmitter]

+ Projekt Gestalten no Soundcloud

+ Projekt Gestalten no Facebook


Foto em destaque: Mmoodd

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s